quinta-feira, 30 de abril de 2009

Favelas do Rio somem em filme para o COI


O comitê organizador da candidatura carioca à Olimpíada de 2016 apresentou à Comissão de Avaliação do COI um filmete de cinco minutos e fotografias aéreas que mostram um Rio de Janeiro sem favelas nas áreas vizinhas aos locais em que as competições serão disputadas, caso a cidade seja escolhida.

A apresentação aconteceu ontem de manhã para os 13 especialistas e esportistas estrangeiros enviados pelo Comitê Olímpico Internacional para avaliar se o Rio de Janeiro tem condições de sediar os Jogos.

Do encontro participaram o ministro do Esporte, Orlando Silva Jr., o governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) e o prefeito Eduardo Paes (PMDB).
Nenhum dos representantes do COI falou com jornalistas. No discurso das autoridades brasileiras -prefeito, governador e ministro-, o encontro foi extremamente positivo.

"Nós nos saímos muito bem. Não é um autoelogio. (...) Foi uma manhã nota 10. Estamos no rumo certo. (...) A chance é muito grande", afirmou Cabral. O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, concordou com o governador. "O Rio está pronto. O COI vai tomar uma decisão histórica", afirmou.

Preparado pelo Rio-2016 - comitê formado por COB e governos federal, estadual e municipal-, o filme mostra como deverá estar o Rio no ano da disputa dos Jogos, se for mesmo escolhido sede olímpica.

A capital fluminense foi dividida em quatro áreas: Copacabana (zona sul), Barra da Tijuca (zona oeste), Deodoro (zona oeste) e Maracanã (zona norte). Em cada uma delas foram mostrados estádios, vilas esportivas, locais de disputas. Não havia favela em nenhuma.

De acordo com o diretor de marketing do comitê brasileiro, Leonardo Gryner, a omissão não foi deliberada.

Um exemplo da ausência de favelas pode ser notado no Maracanã, estádio ladeado pelo morro da Mangueira. A favela não aparece no filme. O estádio, com todas as modificações planejadas para o ano da Olimpíada, é mostrado de um ângulo que a mantém oculta.

Da mesma forma, na região da Barra da Tijuca e de Jacarepaguá, onde ficarão a Vila Olímpica e diversos prédios e unidades relacionados aos Jogos, não foram mostradas as favelas de Cidade de Deus, Rio das Pedras e Gardênia Azul.

Também o estádio João Havelange (o Engenhão, na zona norte) aparece no filme em ângulo no qual não são mostradas as favelas ao redor.

Até as imagens panorâmicas, quase em círculo, do Corcovado, não exibem os morros povoados que existem nas vizinhanças, como Dona Marta e Cerro Corá.

Responsável pela apresentação dos futuros pontos de competição, o diretor de esportes do comitê, o ex-atleta Agberto Guimarães, repetiu em sua palestra e em uma entrevista que uma das metas da equipe é chamar a atenção dos avaliadores do COI para a natureza privilegiada do Rio de Janeiro.

"A gente tem que explorar as belezas do Rio, as praias", declarou Agberto, que mostrou aos emissários do comitê olímpico uma foto da praia de Copacabana em que, à distância, a favela do Cantagalo é quase que obscurecida pelos raios solares.

Omissão não foi proposital, diz comitê para Jogos-2016, mas que foi um excelente trabalho de maquiagem isso ninguém pode negar.

Resolver o problema das favelas, não é algo simples de se fazer. Não é maquiando a paisagem, construindo muros ou até mesmo removendo a favela de lugar, como já foi proposto.

Esse problema do alto número de favelas e do aumento da violência, é notório em todo o Brasil. E para um país que pretende sediar eventos como uma olímpiada ou uma copa do mundo, deve trabalhar para diminuir as mazelas sociais ao invés de esconder de baixo do tapete.


Fonte: Folha de S.Paulo

.................

Homenagem ao Dia do Trabalhador

9 Comments:

desvinculos said...

como diria Nascimento, copa e olimpiadas no Brasil? vai dar merda Capitão... eu tô avisando... depois é o povo que ficará morrendo de verginha!!!

Wander Veroni said...

Mais uma vez o governo usando medidas paleativas para acabar com os problemas do Brasil. Ao invés de esconder as favelas, deveria criar um projeto para transformá-las em bairros, assim como está acontecendo em Belo Horizonte.

Abraço,

=]

-------------------
http://cafecomnoticias.blogspot.com

Alexandre Silva said...

hahahaha... impressionante! Esse é o paiZ que vivemos. Quantos BIlhões mesmo?? Quem vai pagar mesmo??

É BRINCADEIRA!!! E a midia quase toda fazendo o oba oba pra escolha do Rio. SÓ A ESPN brigando contra. Tem que lançar uma camapnha logo, Olimpíadas aqui NÃO!!! Não pode acontecer isso de jeito nenhum. Mas braZileiro gosta é de festa, é de se ferrar msm...

Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com

Rodrigo Araújo said...

Como todo brasileiro faz em um negócio, o Comitê esconde os defeitos do produto pra poder vender...

Mas não é por isso que uma Copa ou Olimpíada no Brasil seria ruim.

Com certeza é muito dinheiro envolvido e uma boa porcentagem escorre pelos bueiros da corrupção, mas a parcela investida traz grandes benefícios ao local da realização do evento.

said...

"o filme mostra como deverá estar o Rio no ano da disputa dos Jogos, se for mesmo escolhido sede olímpica."
Se a cidade for escolhida, eles planejam dinamitar as favelas e limpar os escombros rapidamente. nenhum vestigio será aparente.
Se a cidade não for escolhida, deixe tudo como está, afinal policia e ladrão tem que continuar trabalhando, né?
Bjs

Taty Maria said...

por isso q sou totalmente contra as Olimpíadas aqui no RJ, apesar de pensar q seria o máximo poder ir a todos os jogos, mas a estrutura da cidade naum melhoraria totalmente!!!

Chapolim said...

Mas isso é ótimo. O povo brasileiro gosta de muita maquiagem.

E assim surge por exemplo um blockbuster como "Tropa de Elite", que faz o povo acreditar que os culpados pelo tráfico são os usuários. E faz o povo clamar nas ruas por um "Capitão Nascimento" que pipoque a cuca de qualquer um que tenha cara de bandido.

Daniel said...

uai... como vc ficou sabendo disso? tem o video?


abs.

http://apenas-daniel.blogspot.com/

Bala Salgada said...

Eu prefiro assim, porque morando no exterior eu senti bem como o mundo vê o Brasil e queria que soubessem que não é só mato e favela como supõem. Muita bunda a mostra sim, mas mato e favela apenas não. Rs...

BlogBlogs.Com.Br