domingo, 16 de janeiro de 2011

Eu quero uma garrafa de Coca-Cola pela Metade



Outro dia passando pelo Vale do Anhangabaú, me fez lembrar uma cena que eu vivi a cerca de uns quatro anos atrás. Na época trabalhava no centro de São Paulo, e sempre passava por ali, onde sempre tem vendedores ambulantes, pastores evangélicos e também ciganas, desejando ler a mão de quem por ali passa.

Mas nesse dia, eu vi um velho senhor que tinha por volta de uns 60 anos e que morava nas ruas, por ali por perto. Mas ao contrário de muitos moradores de rua, que pedem dinheiro, esse velho pedia apenas um sorriso.

Talvez pelo alto grau de esquizofrenia, que aquele velho sofria, um sorriso era tudo que ele queria, muito mais que um prato de comida ou uma dose de cachaça. Quando ele pediu um sorriso para mim, fez o pedido em um tom autoritário, lembro-me até hoje da sua expressão, ao ser questionado daquela forma tão rude e tão direta, esqueci o meu stress de sexta-feira e concedi o desejo ao pobre velho, que me retribuiu com um sorriso largo e com poucos dentes, fazendo companhia em sua boca.

Não sei se fui o único que ao final daquele dia, deu o sorriso que o velho tanto queria, mas com certeza me fez refletir sobre os meus pequenos problemas, que julgo tão importantes e de tão difícil solução.

Muitas vezes reclamamos da nossa vida, de nossa sorte, nos fechamos dentro de nosso próprio mundo. E aquele velho que morava na rua, onde banho era artigo de luxo e comida não é todo dia que se tem, onde tem que conviver diariamente com o desprezo, a fome, o frio e a solidão das ruas, parecia mais feliz do que muitos engravatados que por ali passavam, a passos largos e apressados, sem se darem conta do pobre esquizofrênico que por ali pedia apenas um sorriso, para ser feliz.

Temos o triste hábito de sempre buscar a felicidade e de nunca reconhecer o momento exato da felicidade. A felicidade não é eterna, assim como a tristeza também não é. Vivemos momentos alegres e outros não tão alegres.

O sorriso tem um poder enorme, ameniza nossos problemas, faz com que a vida fique mais leve. Aquele senhor, queria ser visto, queria que alguém no meio de tantos, olhasse para os seus olhos e sorrisse, para que se esquecesse, nem que seja por um breve momento a sua dura realidade.

Cada um tem uma idéia própria de felicidade, para alguns é morar no campo, para outros é morar na praia, para outros é comprar um carro, casa, bens materiais em geral, para outros é encontrar um grande amor, casar e ter filhos ou apenas ter alguém para dormir de conchinha para fugir da solidão.

Eu mesmo, um dia espero casar, ter filhos e morar em uma casinha no alto do Himalaia ou pode ser na serra da Cantareira também. Aprendi que a felicidade se encontra nas pequenas coisas, nos pequenos gestos, nas coisas simples da vida, como tomar uma coca-cola pela metade.

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Movimento da Terra mudou signos do Zodíaco


Astrônomos do Planetário de Minnesota, nos EUA, afirmam que, por causa da atração gravitacional que a Lua exerce sobre a Terra, o alinhamento das estrelas foi empurrado por cerca de um mês.

A questão opõe astrólogos, que se baseiam na posição dos astros para fazer o horóscopo, e os astrônomos, preocupados com a posição atual de estrelas e planetas.

“Quando [os astrólogos] dizem que o sol está em Peixes, não está realmente em Peixes”, disse Parke Kunkle, um dos integrantes do Minnesota Planetarium Society à revista "Time". O signo astrológico é determinado pela posição do sol no dia em que a pessoa nasceu, o que significa que, de acordo com os astrônomos, tudo o que se sabia sobre horóscopo está errado.

Ainda de acordo com os o grupo de astrônomos, um 13º signo deveria fazer parte da astrologia, que teria imprecisões desde o seu início. A explicação é que, na Antiga Babilônia, apenas 12 das 13 constelações foram levadas em conta, ignorando Serpentário, que tem como símbolo a cobra.

De acordo com os astrônomos de Minnesota, esta é o período correto que identificaria cada signo:

Capricórnio: de 20 de janeiro a 16 de fevereiro
Aquário: de 16 de fevereiro a 11 de março
Peixes: de 11 de março a 18 de abril
Áries: de 18 de abril a 13 de maio
Touro: de 13 de maio a 21 de junho
Gêmeos: de 21 de junho a 20 de julho
Câncer: de 20 de julho a 10 de agosto
Leão: de 10 de agosto a 16 de setembro
Virgem: de 16 de setembro a 30 de outubro
Libra: de 30 de outubro a 23 de novembro
Escorpião: de 23 a 29 de novembro
Serpentário: de 29 de novembro a 17 de dezembro
Sagitário: de 17 de dezembro a 20 de janeiro
-
Isso é válido para as pessoas que nasceram a partir de 2009. Mas de qualquer forma continuo sendo do signo de Leão, afinal sou do dia 22/08. Tudo na vida muda, e na onda da inflação, até o zodíaco inflacionou com a entrada de mais um signo no Zodíaco.


Fonte

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/01/movimento-da-terra-mudou-signos-do-zodiaco-dizem-astronomos.html

quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ousadia

video



Falta-nos a coragem da mudança
Falta-nos a coragem para transpor o fogo, pisar fora do circulo
Falta-nos a coragem de um pássaro
Que se atira do penhasco, mesmo sem saber voar
Sentimos o medo do escuro
Pavor do inseguro, medo do acaso
Somos atores com medo do improviso

Falta-nos o desejo do novo
Desejo de conhecer novos corpos
Desejo de sentir o gosto do beijo de novas bocas
Falta-no o tesão de outra vida

A rotina nos alivia a alma, nos protege do inesperado
O inesperado não existe, para aqueles que se contentam com a sua realidade
O receio e o medo do arrependimento
O medo de nos ferir, de nos expor
O medo de tentar e de errar
Mantém presas, as amarras do comodismo que segue a nossa realidade.

Mas temos que ter coragem
Sentir o desejo percorrer nossas veias
Desejar a ousadia do outro
Desejar por assim ser, desejo por assim dizer
Desejas a mudança de nossa realidade
Desejar a ousadia de hoje e de sempre

BlogBlogs.Com.Br