quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Ousadia



Falta-nos a coragem da mudança
Falta-nos a coragem para transpor o fogo, pisar fora do circulo
Falta-nos a coragem de um pássaro
Que se atira do penhasco, mesmo sem saber voar
Sentimos o medo do escuro
Pavor do inseguro, medo do acaso
Somos atores com medo do improviso

Falta-nos o desejo do novo
Desejo de conhecer novos corpos
Desejo de sentir o gosto do beijo de novas bocas
Falta-no o tesão de outra vida

A rotina nos alivia a alma, nos protege do inesperado
O inesperado não existe, para aqueles que se contentam com a sua realidade
O receio e o medo do arrependimento
O medo de nos ferir, de nos expor
O medo de tentar e de errar
Mantém presas, as amarras do comodismo que segue a nossa realidade.

Mas temos que ter coragem
Sentir o desejo percorrer nossas veias
Desejar a ousadia do outro
Desejar por assim ser, desejo por assim dizer
Desejas a mudança de nossa realidade
Desejar a ousadia de hoje e de sempre

1 Comment:

Daíse said...

A rotina nos protege do inesperado...
E a vida é bela por causa das surpresas!
Adorei o blog!
Se quiser conhecer o meu: www.espiculaderodinha.blogspot.com
Bjão!

BlogBlogs.Com.Br