domingo, 12 de outubro de 2008

Post Atrasado



Pelo fato da placa mãe de meu PC ter queimado, o meu blog ficou as moscas. E nesses 15 dias aconteceram diversos fatos que não pude comentar sobre, a eleição das “celebridades” que se candidataram ao cargo de vereador.

Netinho de Paula, o pagodeiro que deu uns tapas na mulher, foi o 3º vereador mais votado de São Paulo. O jogador de futebol Túlio Maravilha entrou para a Câmara Municipal de Goiânia com 10.401 votos, também como um dos mais votados.

Ainda na capital paulista, o judoca Aurélio Miguel e o cantor Agnaldo Timóteo foram reeleitos. O diretor do São Paulo Futebol Clube, Marco Aurélio Cunha, também conquistou seu lugar na Câmara Municipal da cidade.

Alguns candidatos não puderam contar com a fama. Muitos não conseguiram entrar para a política em São Paulo como foi o caso do meu ídolo trash Sérgio Mallandro; o ex-jogador do Corinthians Dinei; Cajú, da dupla Cajú e Castanha; o drag queen e repórter da Rede TV, Léo Áquilla; o vocalista do Raça Negra, Luiz Carlos; o cantor de música brega Ovelha; e o marido da apresentadora Ana Maria Braga, Marcelo Frisoni.

Em outras cidades, alguns nomes bem "conhecidos" também investiram na campanha, mas não conseguiram o número de votos suficientes para o cargo de vereador. Foi o caso do ator Heitor Martins, que interpretava o personagem "Pit Bitoca", Lacraia, da dupla funk, Serginho e Lacraia, o ator pornô Kid Bengala, dos ex-BBBs Alberto Cowboy e Didi Brother, a ex-chacrete Rita Cadillac, a jurada do programa do Raul Gil, Marli Marley e o empresário Oscar Maroni, que ficou famoso graças à sua casa de prostituição Bahamas, ele foi acusado de formação de quadrilha e trafico de mulheres, mas também morreu na praia...

A cantora Gretchen, que foi candidata a prefeita em Itamaracá e, sua bunda não foi o suficiente para ser eleita, sua filha Thammy Gretchen também tentou ser vereadora em São Paulo, mas só tentou.

O cantor de forró e deputado federal Frank Aguiar, que é candidato a vice-prefeito em São Bernardo do Campo, ainda tem uma chance. Ele venceu o primeiro turno e continua na disputa eleitoral até o próximo dia 26.

Um larápio também famoso conseguiu ser eleito, foi o caso do Severino Cavalcanti. Lembra dele?

Com o apoio do presidente Lula, O ex-presidente da câmara Severino Cavalcanti (PP) foi eleito prefeito da cidade pernambucana de João Alfredo.

A eleição de Severino ocorre três anos depois de ele ter renunciado ao cargo de deputado federal por Pernambuco, para não ser cassado.

Em 2005, Cavalcanti renunciou ao cargo sob a acusação de ter cobrado propina do empresário Sebastião Buani, dono de um restaurante na Câmara. Severino negou todas as acusações. Sete meses antes, ele havia sido eleito presidente da Casa, em uma manobra da oposição ao governo Lula.

Continuo preferindo as pegadinhas do malandro do que as propinas do Severino!

7 Comments:

Kid said...

o Brasileiro não tem a minima ideia do poder do seu voto

Didi said...

O povo brasileiro é assim mesmo e os politicos sabem disso e brincam com o povo.

Prolixo Lacônico said...

Nao sabia que o Kid bengala foi candidato...
hehehe

Finim said...

Nossa, cada candidato heim!
kkkkkkkk

Alexandre Silva said...

Opa.. bom ver de volta por aqui.
Fiz um post desses no meu brógui pra encerrar os posts de política, rsrsrs. Foi exatamente as bizarrices citadas aí.
Imagina Serginho Mallandrovski vereador? ráááaá
hehehehe
Abraço
http://falandoprasparedes.blogspot.com

ALiNE PATRíCIA said...

Olá

Sumi por que estive sem pc...

Essas eleições foram muito frustrantes pra mim, tanto a bizarrice dos candidatos quanto a reeleição de caras que não são de confiança...
PUTZ
Onde vamos parar com isso?

Boa Noite

Paulão Fardadão Cheio de Bala said...

O sistema é assim desde o Brasil colônia, não é agora, com base em discurseiras tiradas do museu de grandes novidades q essa merda toda vai desaparecer de uma hora pra outra. É preciso mais que chiar na internet.

BlogBlogs.Com.Br