sábado, 3 de abril de 2010

A Páscoa


A Páscoa

Esse texto genial do grande Luis Fernando Veríssimo, não poderia faltar em um dia como hoje...


______________________________________


Tem hora que é complicado lidar com criança...


-Papai, o que é Páscoa?

-Ora, Páscoa é... bem... é uma festa religiosa!

-Igual ao Natal?

-É parecido. Só que no Natal comemora-se o nascimento de Jesus, e na
Páscoa, se não me engano, comemora-se a sua ressureição.

-Ressurreição?

-É, ressurreição. Marta , vem cá!

-Sim?

-Explica pra esse garoto o que é ressurreição pra eu poder ler o meu
jornal.

-Bom, meu filho, ressurreição é tornar a viver após ter morrido. Foi o
que aconteceu com Jesus, três dias depois de ter sido crucificado. Ele
ressuscitou e subiu aos céus. Entendeu?

-Mais ou menos... Mamãe, Jesus era um coelho?

-O que é isso menino? Não me fale uma bobagem dessas! Coelho! Jesus
Cristo é o Papai do Céu! Nem parece que esse menino foi batizado!
Jorge, esse menino não pode crescer desse jeito, sem ir numa missa
pelo menos aos domingos! . Até parec eque não lhe demos uma educação
cristã! Já pensou se ele solta uma besteira dessas na escola? Deus
me perdoe! Amanhã mesmo vou matricular esse
moleque no catecismo!

-Mamãe, mas o Papai do Céu não é Deus?

-É filho, Jesus e Deus são a mesma coisa. Você vai estudar isso no
catecismo. É a Trindade. Deus é Pai, Filho e Espírito Santo.

-O Espírito Santo também é Deus?

-É sim.

-E Minas Gerais?

-Sacrilégio!!!

-É por isso que a ilha de Trindade fica perto do Espírito Santo?

-Não é o Estado do Espírito Santo que compõe a Trindade, meu filho, é
o Espírito Santo de Deus. É um negócio meio complicado, nem a mamãe
entende direito. Mas se você perguntar no catecismo a professora
explica tudinho!

-Bom, se Jesus não é um coelho, quem é o coelho da Páscoa?

-Eu sei lá! É uma tradição. É igual a Papai Noel,só que ao invés de
presente ele traz ovinhos.

-Coelho bota ovo?

-Chega! Deixa eu ir fazer o almoço que eu ganho mais!

- Papai, não era melhor que fosse galinha da Páscoa?

-Era... era melhor, sim... ou então urubu.

-Papai, Jesus nasceu no dia 25 de dezembro, né?

-Que dia ele morreu?

-Isso eu sei: na Sexta-feira Santa.

-Que dia e que mês?

-(???) Sabe que eu nunca pensei nisso? Eu só aprendi que ele morreu
naSexta-feira Santa e ressucitou três dias depois, no Sabado de
Aleluia.

-Um dia depois!

-Não três dias depois.

-Então morreu na Quarta-feira.

-Não, morreu na Sexta-feira Santa... ou terá sido na Quarta-feira de
Cinzas? Ah, garoto, vê se não me confunde! Morreu na Sexta mesmo e
ressucitou no sábado, três dias depois! Como? Pergunte à sua
professora de catecismo!

-Papai, porque amarraram um monte de bonecos de pano lá na rua?

-É que hoje é Sabado de Aleluia, e o pessoal vai fazer a malhação do
Judas. Judas foi o apóstolo que traiu Jesus!

-O judas traiu Jesus no Sábado?

-Claro que não! Se Jesus morreu na Sexta!!!

-Então por que eles não malham o Judas no dia certo?

-Ui...

-Papai, qual era o sobrenome de Jesus?

-Cristo. Jesus Cristo.

-Só?

-Que eu saiba sim, por quê?

-Não sei não, mas tenho um palpite de que o nome dele era Jesus Cristo
Coelho.
Só assim esse negócio de coelho da Páscoa faz sentido, não acha?

-Ai coitada!

-Coitada de quem?

-Da sua professora de catecismo!

4 Comments:

Tayná Guedes said...

shauhsuahsuahushauhsuahusahushaushauhsuahusahushauhsauhsuhaua...
boa boa adoroo esse texto :D

Wander Veroni said...

Oi Kadan!

Essa crônica é sensacional e mostra como a criança é esperta e atenta com as coisas...rs.

Abraço

Inez said...

KKKKKK excelente esse texto, mosta o quando a páscoa é explorada comercialmente.

Melhor Free said...

kkkkkkkkkk
baum de mais!

BlogBlogs.Com.Br