segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Eu...

Sou do tipo que Prefere ter uma vida amarga, a ter uma vida insossa...
Já fui pés descalços, hoje sou Havaianas Brasil.
Já tive certezas, hoje tenho dúvidas
Já fui Caras, Veja, hoje sou Superinteressante
Já fui Rexona, hoje sou Axe Chocolate
Já fui Rastafári, hoje sou do cavanhaque
Já fui socialista, hoje sou político

Sou circo, sou Teatro, sou boteco
Sou Bossa Nova, sou Rock´n Roll, sou Psy e forró sacana
Sou Mozart, sou Raul, sou Renato, sou Cazuza
Sou Pizza congelada, sou bolo de chocolate
Sou Daslu, sou Casas Bahia
Sou Palco, sou Picadeiro
Sou de Sol, sou de Lua
Sou Inverno, Sou de Mate-Leão

Sou perfeccionista, sou o medo de tentar e de errar
Mas estou aprendendo, que errar é humano, e estou aprendendo a ser humano também
Sou a derrota, mas nunca o derrotado, pois, aprendi que a derrota faz parte da vida, mas ser um derrotado é um estado de espírito. E que O Fraco do ser Humano é algo latente e a tentativa de camuflá-lo, é um erro sem propósito

Sou Montanha Russa, sou Roda Gigante
Sou por vezes impulsivo, e por muitas vezes contido
Sou independente, mas não sou autônomo
Sou orgulhoso, sou mentira mal contada, e por vezes sincera até demais
Mas não sou teimoso... Pois, teimoso é quem teima comigo

Sou camaleão, sou Leão com ascendente em Capricórnio
Sou Megalomaníaco com crise existencial, sou metarmofose ambulante
Sou sonhador, com sonhos inacabados e projetos remendados
Sou Poesia, sou paródia, sou rima mal rimada

Sou Voltaire, sou Nietzsche, sou Álvares de Azevedo, sou Mauricio de Souza
Sou Arnaldo Jabor, Sou Chaves, sou Bob Esponja
Sou Bi-Polar, sou DDA

Sou distraído, sou confuso, sou inconfundível
Sou Passional, sou intenso
Sou velho rabugento, sou moleque
Sou começo esperando por um fim
Tenho 23 com cabeça 40 e sempre terei um espírito de um moleque de 8
Sou criança que dança ciranda, sou homenzinho com barba mal feita
Sou consciente com desejos inconsequentes


Sou Corintiano, maloqueiro e sofredor... Graças a Deus!!!
Sou extenso, sou limitado, sou cheio de defeitos, um ser em construção
Já fui exterior, hoje sou pátria amada idolatrada salve, salve!!!
Já fui multidão, hoje sou solidão
Já fui casa cheia, hoje sou casa vazia
Já fui Madri, hoje sou Vila Formosa
Já fui Pelegrino, hoje sou eremita
Sou fácil de conviver e difícil de entender
Sou carente sim, sozinho às vezes

Sou doce, sou amargo, sou agridoce
Sou a preguiça, sou a saliva da sede, sou fome de comer
Já preferi meninas, hoje prefiro mulheres
Sou Kama Sutra, sou dormidas de conchinha
Sou tarado por sexo, mas sonho em fazer amor
Sou mais amigo do que galante
Sou Pierrô em busca de uma Colombina
Já fui romântico, hoje sou estrategista
Já fui apaixonado, hoje sou amante
Sou Marte, sou Vênus

Sou amor tranqüilo com gosto de fruta mordida
Sou Fera sou Bicho, sou anjo e sou mulher
Sou o firmamento na terra, e Busco ser a extensão do céu
Sou analítico, pois, já fui analisado
Sou mocinho, sou bandido
Sou sonho de criança, sou ambição de gente grande
Sou uma lagrima e um Sorriso

Sou o desejo de desejar
Desejo de amar e de ser amado
Desejo de ser amado sim, desejo de ser compreendido jamais, pois, aprendi com meu amigo Khalil Gibran, que aqueles que nos compreendem, fazem de nós escravos.
Sou o desejo por si só, nu e de mãos dadas com a esperança
Sou o pecado, sou o pecador!!!

4 Comments:

Biel, o Bardo said...

Vontade de trazer o Twitter para o blog e dar um RT nesse post!
Achei boa a maneira como se construiu. Ou como eu diria, se letralizou.

Serenissima said...

Nossa como vc eh belo! Legal demais o texto... achoq vai gostar do q tenho la no meu...temos textos livres bem parecidos.... massa me encontrar em algum lugar no ciber espaço.

Aline Patrícia said...

Lindo! (Aplaudindo de pé)
Muito inspirado, cheio de referÊncias incríveis e poeticidade..
E pra falar a verdade, me identifiquei muito com o texto, ou seria com vc? (risos)

Admiro-te muito, como escritor e como observador da vida.

Beijo

Lenon Mendes said...

Ótimo texto
sem dúvida nenhuma, um ótimo escritor!

BlogBlogs.Com.Br